Letra

As pessoas me marcam
Me apontam com o dedo
Sussurram as minhas costas
E a mim pouco me importa

O que mais me dá
Se sou diferente deles?
Não sou de ninguém
Não tenho dono

Eu sei que me criticam
Me consta que me odeiam
A inveja os corrói
Minha vida os sufoca
Porque será?
Eu não tenho culpa
Minha circunstância os insulta

Meu destino é o que eu decido
O que eu escolho para mim

A quem importa o que eu faça?
A quem importa o que eu diga?
Eu sou assim e assim seguirei
Nunca mudarei

Talvez a culpa é minha
Por não seguir a norma
Já é muito tarde
Para mudar agora
Me manterei firme em minhas convicções
Reforçarei minhas posições

Meu destino é o que eu decido
O que eu escolho para mim...

Compartir

Video relacionado

...