Letra

Você que conhece bem, me diz o que eu posso fazer?
Para voltar a ter, vai passando o tempo e
Quando penso nela
Não sei nem o que fazer
Diz que já não sou eu, diz que a quero ver
Vai passando o tempo e quando penso nela
Não sei nem o que fazer, me diz a verdade, com quem está?
Sigo improvisando aqui, já estou cansado, de que me ignore as mensagens
E deste jogo de espionagem estou desesperado
Até dirigindo vou desorientado, tenho que aceitar que eu me busco!
Por isso decidi te chamar, só você pode me ajudar, aja e diga:
Que eu não imaginei me sentir, com a tv já não consigo nem dormir
Se converteu em minha adversária, necessito de palavras sábias
Clara sua confusão, salva esta relação, entende minha posição!
Fale, por favor! baixou um tempo que te vi como inimiga, sei que você é sua
FIEL AMIGA!
Você que conhece bem, me diz o que eu posso fazer?
Para voltar a ter, vai passando o tempo e
Quando penso nela
Não sei nem o que fazer
Diz que já não sou eu, diz que a quero ver
Vai passando o tempo e quando penso nela
Me conta a verdade, se vai, o que serei? fale.Quero parar meu sofrimento.
Me conta a verdade, se vai, longe de mim, o que serei?fale.Quero parar meu sofrimento!
Os dias, as noites frias, jogam com a minha psicologia
Sua esperança é minha, te digo claro sem hipocrisia
Pedir perdão não me faz menos homem, quero dizer, mas não me responda!
Me conte depois o que ela te disse, já que é sua FIEL AMIGA!
Você que conhece bem, me diz o que eu posso fazer?
Para voltar a ter, vai passando o tempo e
Quando penso nela
Não sei nem o que fazer
Diz que já não sou eu, diz que a quero ver
Vai passando o tempo e quando penso nela
Não sei nem o que fazer, me diz a verdade, com quem está?
Sigo improvisando aqui, já estou cansado, de que me ignore as mensagens
E deste jogo de espionagem estou desesperado
Até dirigindo vou desorientado, tenho que aceitar que eu me busco!

Compartir

Video relacionado

...